quarta-feira, 4 de março de 2009

Tô triste ...

E o pior é que estou assim sem a menor necessidade.
Hoje, ate a hora do almoço estava tudo como antes, estava animada cuidando de mim, acordei cedinho e fui fazer sauna, acordei e lavei o cabelo coloquei um creme de massagem e fui pra sauna pra hidratar o cabelo depois que sai fiz uma esfoliação no rosto e os cravinhos sairam todos, tomei meu cafa da manha de forma bastante equilibrada e fui pro treinamento.
Na hora do almoço uma menina com quem estou sentando durante esses dias começou a me contar sua experiência com a maternidade, simplesmente do nada começou a desabafar comigo e com o outro rapaz que esta sempre conosco, isso me fez desenterrar uma passagem caotica da minha vida e desse momento em diante fiquei perdida, sai do restaurante direto pro Mc'Donalds atras dee um TOP sunday de chocolate pra amortecer a dor de relembrar o passado, ainda na fila decidi que um sunday seria suficiente e por fim comprei apenas uma casquinha, mas com o passar das horas aquelas historias (a minha e a dela) foram tomando espaço e a tristeza aparecendo e na hora do "coffe" nao resisti e cai de boca nas bobagens que tinha lá, e por fim jantei um prato fundo de nhoque aos quatro queijos e ainda pedi uma sobremesa (nunca faço isso no jantar).
Nossa, como ainda relaciono meu estado emocional com a comida. Fico completamente refem das emoções e nao quero mais isso, preciso dar um BASTA nisso.
A coisa boa de estar aqui escrevendo pra voces é saber que o dia terminou e que tenho o direito de ficar trsite (mesmo que sem necessidade) no dia de hoje, mas o melhor é saber que amanha pode (e será, se deus permitir) tudo bem diferente. Quero acordar com a corda toda por que o dia vai ser longo, é niver de 1 aninho do filho da minha "prima-irma" e a noite vou lá dar muitos bejos naquela fofura.
_____________________________________________
Chá branco ou chá verde para perder peso?

Eles nem são tão diferentes, entenda como essas dupla funciona
Eles se destacam pelas muitas vantagens nutricionais que apresentam. Porém, o que ganhou a cena nos últimos tempos foram seus efeitos milagrosos no quesito emagrecimento. Mas será que as várias goladas amargas de chá verde, chá branco ou chá de alcachofra rendem os resultados que você espera? Contamos com a colaboração de uma equipe de especialistas em nutrição funcional para desvendar todos os mitos e verdades sobre as bebidas campeãs em ibope quando o assunto é facilitar a queda do ponteiro da balança.
Chá verde - Ele reinava absoluto entre os outros tipos de chá, até ser colocado em xeque pelo chá branco, que disputa a soberania. A boa reputação não é para menos: seus efeitos antioxidantes vêm de uma substância chamada catequina que, além de controlar a ação dos radicais livres e diminuir os riscos de desenvolvimento das doenças cardiovasculares, ajuda a driblar o envelhecimento precoce. Segundo a nutricionista funcional Daniela Jobst, o chá verde também é digestivo, já que ativa a produção de ácidos estomacais. A prevenção ao câncer está entre as virtudes da bebida. Além da catequina, o chá é rico em bioflavonóides, as duas substâncias bloqueiam as alterações celulares que dão origem aos tumores , diz Camila Duran, nutricionista clínica funcional da Clínica Pedrinola & Rascovski.
Quanto às dúvidas sobre a mãozinha que o chá dá a quem está de dieta, a especialista Daniela Jobst esclarece que ele aumenta a temperatura corporal. Isso acelera o metabolismo e favorece a queima de gorduras. Porém, para ser eficaz, a quantidade mínima da bebida deve ser atingida. A recomendação diária varia entre cinco xícaras a um litro, sendo que o consumo deve ser de, no mínimo, três meses. A escolha da temperatura da bebida fica a seu critério. Ainda de acordo com Daniela, por ser considerado um alimento com poderes antiinflamatórios, o chá verde equilibra o organismo e faz com que ele fique longe das inflamações, diminuindo a possibilidade do acúmulo de gorduras.
Mas não adianta contar só com ele e esperar os quilinhos a mais desaparecerem. É importante também seguir uma dieta pobre em gorduras saturadas, com pouca participação de carboidratos de alto índice glicêmico e alimentos industrializados, e rica em alimentos integrais. Sem esquecer de fracionar as refeições em, pelo menos, cinco porções ao dia , recomenda Daniela. Por conter cafeína, o consumo da bebida deve ser limitado ao período da tarde, a fim de evitar transtornos do sono. A nutricionista Camila Duran ressalta que pessoas sensíveis à cafeína podem sofrer com dores de cabeça, irritação e mau humor, caso exagerem nas doses de chá verde. Nunca beba o chá após as refeições, pois a cafeína compete com outros nutrientes, como ferro e vitamina C, prejudicando a absorção pelo organismo , faz mais uma recomendação sobre a ingestão do chá verde, Daniela.
Chá branco - Este tipo de chá possui as mesmas características nutricionais do chá verde. Ele passou a perna em seu concorrente por ser feito com folhas mais jovens. Essa é a única diferença entre os dois. O chá branco é extraído da mesma erva que o chá verde e o chá preto, a Camellia Sinensis. Porém, o chá branco é colhido apenas uma vez ao ano e é composto por brotos e flores da planta, numa composição de mais nutrientes potencialmente ativos , esclarece a especialista em nutrição clínica funcional, Daniela Jobst. A diferença na hora da colheita da erva muda o sabor do chá, que tem um gosto mais doce e suave. Os benefícios, no entanto, continuam como os do chá verde. Ele é capaz de retardar o processo de envelhecimento, abaixar os índices de colesterol ruim, acelerar o metabolismo e queimar gordura corporal , lembra Daniela. Camila Duran conta que, para desfrutar de todas as vantagens da bebida, o consumo diário do chá branco deve ser de quatro xícaras. Por pelo menos três meses , reforça Daniela Jobst. As especialistas ressaltam que as recomendações sobre a cafeína presente em sua fórmula são as mesmas que as do chá verde. Alcachofra faz efeito? Se a sua idéia é buscar um aliado para emagrecer, o chá de alcachofra não é a bebida mais indicada. Alessandra Rodrigues, nutricionista clínica funcional da Clínica Pedrinola & Rascovski, explica que a bebida é ótima para otimizar as funções do fígado, órgão responsável por desintoxicar o organismo. A alcachofra é muito rica em vitaminas do complexo B e vitamina A , afirma. Mas não tem nada a ver com a perda de peso, especificamente. Daniela Jobst aprofunda a indicação, lembrando que a flor é capaz de melhorar os índices elevados de colesterol. Para notar o regulamento das disfunções hepáticas e a diminuição do colesterol, o consumo diário deve girar em torno de 500 ml e se estender por, pelo menos, três meses, segundo as especialistas.

3 comentários:

K. Willemann disse...

Vc já tentou ir num psicológo, pedir ajuda quanto a isso? Pq é complicado. Você é muito 100% emoção, dá pra ver pelo seus post e isso causa dois problemas...
1- vc se sente mal e ataca a comida para aliviar.
2- depois de comer ao invés de ficar aliviada se sente mais culpada por ter comido.

Quer dizer? Onde está o conforto e o consolo que você precisa? Já tentou desabafar com alguma amiga ou parente? Pq eu sinto que você guarda muito as coisas pra vc... O blog ajuda, mas uma pessoa mais próxima e que sabe da sua vida te conhecendo melhor pode ser ainda melhor.

Olha, não se sinta triste... nem culpada. Aliás vc estava bem, acho que tem muita mágoa em você que te atrapalha e só botando pra fora e perdoando é que você vai parar de relacionar cada momento ruim a essas lembranças.

Afinal, o problema que estava em pauta não era seu, mesmo assim vc os ligou e se deprimiu.

Tente fazer isso... jogar para o alto, perdoar erros dos passados seus e dos outros e pensar pra frente. Pq se não esses problemas vão sempre existir e vc não vai conseguir chegar ao seu objetivo e eu não to falando de emagrecimento, mas de FELICIDADE.

Pense nisso.
Beijinhos

Lu Francesa disse...

Oi querida, não é mesmo fácil lidar com os sentimentos x comida,mas é algo que tem que ser aprendido e cuidado, mas vc está no caminho, decidiu cuidar de vc mesma :)

Deixa eu te falar, acabei de ver que vc tem duas inscrições no Desafio Desistir Jamais, ficará sendo válido o número 148 que foi o primeiro,ok? O outro vou tentar passar pra outra pessoa.

Sorria :)
Bjos

Jéssica Araújo disse...

amiga, nao quero ver vc trstinha nao...
eu tomo chá verde, tem me feito muito bem, um beijo